Afiliado - O que é?

Entenda o que é Afiliado e como se tornar um

Se você está antenado no mundo digital e se interessa pelo empreendedorismo, provavelmente já ouviu falar sobre o programa de Afiliados. Mas afinal, o que é afiliado? Bom, trata-se de alguém que indica produtos feitos por outras pessoas e recebe comissões pelas vendas realizadas.

Para isso, ele se afilia a um programa dessa modalidade de marketing, faz uma curadoria dos produtos que deseja promover e começa a divulgação para seu público.

No caso dos Programas de afiliados Digitais, suas vendas serão contabilizadas por um link exclusivo para identificação de suas conversões, o que facilita o controle de suas comissões.

Existem produtos sobre muitos temas, como negócios, culinária, literatura, softwares, apostilas para concursos públicos, cursos técnicos, adestramento de animais, cultura japonesa, e muito mais.

A diversidade é tão grande que é muito provável que qualquer pessoa encontre algum produto adequado para promover a sua audiência.

Ok, até agora isso foi simples de entender, mas, por que e, principalmente, como se tornar um Afiliado e ter um bom desempenho com suas estratégias?

Essas perguntas sempre rondam a cabeça dos empreendedores digitais, e, por isso, neste post vamos responder elas e outras mais. Confira!

Afinal de contas, por que tornar-se um Afiliado?

Agora que você já sabe o que é Afiliado, deve estar curioso sobre os motivos de se tornar um, certo? Então, vamos lá!

Existem várias maneiras de ganhar dinheiro extra na internet ou empreender digitalmente. Entrar para um programa de Afiliados é apenas uma entre elas, certo? Então por que você deveria escolher justamente essa? Descubra nos tópicos a seguir!

1. Você será seu próprio chefe

Além de definir as estratégias, escolher os produtos e canais de divulgação, o tempo que você dedicará para essa atividade e até mesmo os resultados que deseja colher serão por sua conta! Ninguém vai te cobrar desempenho e criatividade, por exemplo.

Além disso, o que você ganha é diretamente proporcional ao seu esforço estratégico, ou seja, se fizer um bom planejamento, poderá colher bons resultados mesmo conciliando esse negócio com outra carreira.

2. É um negócio com baixo custo inicial

Tornar-se um Afiliado, na verdade, não exige nenhum investimento. Basta fazer seu registro em um programa desse modelo de negócio e começar a vender por meio de seu link exclusivo.

Você pode fazer um site usando plataformas gratuitas, como o WordPress, e até mesmo os layouts que eles disponibilizam sem custo adicional.

Promover seus conteúdos nas redes sociais também não depende de nenhum investimento adicional, apenas se você quiser impulsionar as publicações com os anúncios pagos.

Também não é preciso investir em aluguel de loja ou escritório, ter área para estoque ou contratar funcionários.

Para começar, e até mesmo continuar seu negócio, seu custo fixo será bem baixo. E sabe onde está a graça disso? Que seu lucro sobre cada venda será ainda maior, afinal de contas, haverá poucas despesas a serem pagas para que elas aconteçam.

3. Você pode trabalhar como e de onde quiser

Flexibilidade é o nome do jogo. Você pode trabalhar como Afiliado a qualquer hora e lugar, ou seja, enquanto cuida de seus filhos, no intervalo da faculdade, no final do dia ou durante uma viagem.

Para isso é preciso planejar suas ações e usar algumas ferramentas que permitam programar suas divulgações nas redes sociais e blogs.

No caso do WordPress, uma das plataformas para criação e gestão de sites e blogs, é possível escolher o dia e o horário de cada postagem. Alguns aplicativos para as redes sociais também funcionam assim.

Ou seja, esqueça o terno, a gravata e o balcão de vendas. Você vai trabalhar de onde e quando quiser.

Tudo isso é muito interessante e atraente, mas tem outra coisa superbacana que precisa ser mencionada: independentemente de qual seja sua área de atuação, entrar no universo do marketing de Afiliados é ter a certeza de que você vai aprender muitas coisas novas, inclusive, o que é preciso para se tornar um empreendedor da área.

O que você precisa para ser um Afiliado?

Você precisa saber que existem algumas variações e tipos de Afiliados. Por isso, para ter sucesso, você precisará escolher aquele com maior sintonia com seu estilo de vida e personalidade.

Por exemplo, você pode dedicar-se integralmente ao marketing de afiliado, fazendo com que 100% de sua renda venha de sua performance de vendas, ou usar os programas de Afiliados apenas como uma forma de gerar renda extra.

No entanto, seja qual for sua escolha, é preciso ter comprometimento com seu planejamento para que ele traga os resultados desejados.

Para participar dos programas de afiliado por meio de uma conta gratuita, você vai precisar:

·        ter um e-mail válido;

·        possuir um documento de identidade;

·        ter 18 anos ou mais;

·        fazer uma conta em uma plataforma para Afiliados.

Você não precisa ter um site ou blog. A divulgação pode ser nas sua redes sociais. Você também pode explorar seus recursos e criar uma apresentação mais interessante dos produtos, o que acaba gerando resultados melhores.

Nas redes sociais, é um meio com maior proximidade com o cliente, permite a interação, construção do relacionamento e autoridade do Afiliado no mercado em que ele deseja se destacar.

Em um perfil criado com características comerciais, é possível usar, inclusive, recursos para direcionamento da venda. Ou seja, é possível divulgar seus produtos e incluir o link do programa de Afiliados para que a venda seja concluída naquele momento e local que o cliente tomou a decisão.

Não existem muitas restrições para começar a vender produtos em um programa de Afiliados, e, por isso, uma dúvida frequente é sobre os retornos financeiros que esse mercado pode proporcionar. Você também está curioso para saber?

Quanto você pode ganhar com o marketing de Afiliados?

Se você ainda não está certo de que o mercado pode trazer boas oportunidades e retornos financeiros, temos três boas notícias:

·        só depende de você: as vendas são diretamente proporcionais à eficiência da sua estratégia e esforço comercial;

·        não existe um limite para as comissões a serem recebidas. Elas são proporcionais a sua performance de vendas ou indicação;

·        também não existem restrições quanto ao seu volume de vendas, exceto em situações em que ficar inativo por 90 dias, ou seja 90 dias sem fazer uma venda. O seu cadastro é excluído

Em muitas empresas os produto são quem determinam a porcentagem da comissão dos afiliados em cada produto, e algumas delas, é claro, são bem generosas. Os valores variam de R$0,30 até mais de R$100,00 a cada conversão.

Porém aqui na Loja do Publicador todos paga se 10%.  Por isso, é importante que você identifique o valor da comissão de cada produto disponível para divulgação.

Caberá a você decidir quais produtos estão mais relacionados ao seu segmento de interesse, oferecem melhores oportunidades com o público que você visa atingir e são mais fáceis de gerenciar.

Quais são os principais benefícios para o Afiliado?

Ser um Afiliado proporciona diversos benefícios, como:

·        ter um próprio negócio ou um meio para conseguir uma renda extra;

·        oportunidade de aumentar suas conversões sem ter que vigiá-las ou estar online para que aconteçam;

·        esquecer as burocracias, e normas de etiqueta comuns dos escritórios — quem faz as regras é você;

·        poder trabalhar com temas que você tem mais afinidade.

Além disso, cada programa de Afiliados oferece benefícios especiais para seus participantes. A Loja do Publicador, por exemplo, se preocupa, principalmente, em simplificar o trabalho dos Afiliados.

Assim, o foco pode ser mantido naquilo que eles fazem de melhor: promover produtos para sua audiência!

Como é o processo de afiliação e início das vendas?

Bem atraente, certo? Se suas ideias já estão fervilhando após saber o que é afiliado e os seus benefícios, então prepare-se para criar um plano de ação para começar! Nele, considere:

·        estudar quais são as melhores plataformas de marketing de Afiliado disponíveis no mercado;

·        escolher aquela que ofereça o maior conjunto de benefícios;

·        definir quais serão seus canais de divulgação, como redes sociais, blogs, grupo de amigos;

·        escolher os produtos digitais e solicitar a afiliação;

·        estudar seus diferenciais, materiais de divulgação, entre outros;

·        entender os processos financeiros para saque de suas comissões;

·        criar uma série de conteúdos e argumentos para converter suas vendas;

·        considerar fazer publicidade paga para promover seus produtos;

·        verificar regularmente o mix de produtos digitais para diversificar sua oferta, sem necessariamente sair do seu nicho;

·        acompanhar os resultados das suas ações usando estatísticas e análises que permitam entender o que deu certo ou não;

Como e quando são feitos os pagamentos?

Os pagamentos são realizados de acordo com seu cadastro de informações na hora de se afiliar. Por isso, preencha corretamente os dados sobre os meios de pagamento em. Assim, a cada comissão recebida, seu valor é contabilizado no seu montante e fica indisponível por um período que varia de 30 a 60 dias. Após esse período, o saldo total fica disponível para você solicitar o saque.

Quais as dicas rápidas para promover produtos?

Existem algumas dicas para começar a realizar a promoção de produtos. Confira:

1.Conheça todas as características de um produto antes de começar a promovê-lo ao seu público. Fique à vontade para entrar em contato com o vendedor, trocar ideias.

2.   tente fazer vídeos de reviews ou recomendações sobre o produto que vai promover e indique o link da sua página de vendas nos comentários ou descrição;

3.   identifique as redes sociais em que o seu público está presente e use-as para promover seus produtos;

4.   tenha um blog de nicho que esteja relacionado aos seus produtos, faça sugestões de compras em suas newsletters e demais canais de comunicação virtuais;

5.   busque parcerias de divulgação com outros sites e blogs do mesmo nicho do produto usando banners, email marketing para base de usuários, etc;

6.   divulgue offline se for pertinente para o tipo de produto, usando cartões, flyers ou cartazes afixados em locais estratégicos.

Como ser um bom Afiliado?

Você já deve ter percebido que existe total liberdade para trabalhar seu negócio como bem entender. Mas, para ter retornos interessantes, é preciso se dedicar à estratégia, certo?

O marketing de Afiliados não precisa de dedicação exclusiva nem da presença do Afiliado para que uma venda seja concluída.

Com o link exclusivo para contabilizar suas vendas, você só precisa gerar relacionamento, instigar seu público e indicar o caminho para a compra.

Assim, para conquistar bons resultados, considere adotar algumas boas práticas.

Entenda tudo sobre marketing de conteúdo

Os conteúdos produzidos para a web podem ser aproveitados em diferentes canais além do próprio blog, como em emails para grupos, mídias sociais, dentre outros.

Nele, a linguagem é pensada na pessoa que vai ler. Sua estrutura textual é configurada para trazer uma experiência de leitura agradável e seu conteúdo é entregue gradativamente, permitindo que o comprador passe pela jornada de decisão de forma muito mais agradável.

Por fim, e se valendo das estratégias de marketing permite que você crie postagens que ficarão em destaque nos resultados de pesquisas realizadas no Google para determinado tema. E sabe o que isso significa?

Mais cliques em seus conteúdos, mais interessados lendo o que você tem a dizer sobre aquele universo e, claro, oportunidades de vendas e autoridade conquistadas!

Pesquise muito sobre seu segmento

Quanto mais você souber sobre o segmento que vai atuar e as pessoas que estão inseridas nele, mais entenderá quais são as dores e necessidades que precisam ser supridas, assim como quais diferenciais são levados em consideração por seus potenciais clientes na hora de uma aquisição.

Ter essas informações em mãos e utilizá-las de forma estratégica te torna uma autoridade no assunto, atualizada e pronta para interagir de forma rica com seu público.

Acredite nos produtos digitais que você vai divulgar

Não escolha um produto apenas pelo valor de sua comissão ou por ele estar em alta no mercado. De fato, acredite na qualidade dele.

Se você vender um produto digital ruim, vai ganhar os créditos por aquela venda e um cliente insatisfeito. Porém, se converter um negócio que seja valioso para o comprador, além da comissão, você também ganhará respeito e a confiança de que só faz indicações boas. Por isso, cative seu público!

Avalie estatisticamente todas as suas ações de vendas e marketing

Fazendo isso, será possível identificar quais ações trouxeram bons resultados e devem ser mantidas, como também ajustar aquelas que não tenham tido sucesso.

Trabalhe o relacionamento e sua credibilidade

Se você conquistou um público, mantenha contato com ele regularmente. Isso pode ser feito por meio de uma newsletter ou e-mail marketing, por exemplo.

Criar relacionamento garante que você possa ofertar novos produtos, receber indicações, entre outros. Além disso, compartilhar conhecimento, tendências e novidades também finca sua autoridade no segmento trabalhado.

E o que vem a seguir?

Depois de entender o que é afiliado, fazer a afiliação básica, escolher suas melhores estratégias e se organizar para conciliar outras carreiras e compromissos pessoais com seu negócio, é hora de acompanhar seus resultados e fazer os ajustes e inovações necessárias.

Considerar investimentos maiores para fomentar mais negócios, contratar serviços que automatizem processos, como o e-mail marketing, também pode ser uma boa opção. Tudo dependerá, é claro, se os resultados do programa de Afiliados está satisfatório.

E agora, depois dessa avalanche de informações sobre o que é Afiliado, já está preparado para começar o seu negócio?

Inscreva-se agora!  Clica aqui.